PR paulista promove seminário sobre a Reforma Política e Eleitoral de 2017, mostrando o que muda já para 2018.

UNIDADE E QUALIDADE. O pioneirismo da legenda 22 foi mantido com a forte participação de dirigentes, mandatários, pré-candidatos, advogados e contadores, que viajaram até mais de 700 quilômetros, vindos de 50 cidades do estado, para buscar conhecimento e qualificação numa linda manhã de sábado (2/12).  

A complexidade da reforma política e, consequentemente, as interrogativas sobre a aplicação do novo regramento eleitoral, motivaram a direção estadual do Partido da República de São Paulo a promover, ao lado da Fundação Alvaro Valle, o Seminário ‘Reforma política: saiba o que muda para as eleições de 2018 e 2020.’, realizado na manhã desse sábado – dia 2 de dezembro – no plenário da Câmara Municipal de São Paulo, com público próximo a 150 pessoas, entre dirigentes municipais, mandatários, pré-candidatos, advogados, contadores e estudantes de direito; além do honrado prestígio de autoridades do partido.

O PR-SP convidou para palestrar e debater no seminário, os parceiros e conceituados advogados eleitoralistas: professor Dr. Ricardo Vita Porto; professor Dr. Tadeu Ferreira; e o requisitado marqueteiro, publicitário Duda Lima, que alinharam os participantes às novas regras eleitorais. O Painel de Debates teve como mediador outro conhecedor do assunto: o consultor eleitoral, dirigente nacional do Muda Brasil, José Renato da Silva.

MAIS MUDANÇAS: MAIS SABER É PRECISO.

O presidente estadual do PR-SP, economista José Tadeu Candelária, ressalta que mais uma vez o partido sai na frente, entre as legendas paulistas, ao promover o conhecimento sobre a Reforma Política, recentemente aprovada e sancionada. “O momento certo de conhecer e debater o que mudou nas regras eleitorais com a reforma política de 2017 foi exatamente este, agora, em que realizamos o seminário, já que a recente reforma apresenta pontos complexos a serem apresentados, debatidos e esclarecidos por especialistas, conforme aconteceu com sucesso.”, reconhece Candelária ao alertar que as dificuldades no pleito eleitoral são ainda maiores para quem não se capacita através do conhecimento:

“É necessário que sigamos nos preparando para o difícil embate eleitoral que se aproxima, onde a disciplina organizacional e administrativa nas campanhas e nos diretórios municipais se faz cada vez mais importante para evitarmos o chamado “ganhou, mas não levou”. Diante disso, estamos programando outros eventos sobre o tema para os meses de abril e maio de 2018, já que deveremos ter, ainda, algumas regulamentações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para o pleito do próximo ano, que devem ser publicadas até o dia 5 de março.”, informa Candelária.

MAIS UNIDADE. MENOS DIFERENÇAS.

O dirigente maior do PR no estado de São Paulo, José Tadeu Candelária, destaca, ainda, que os resultados positivos conquistados a cada eleição, estão diretamente relacionados aos eventos que promovem unidade, organização, conhecimento e o alinhamento necessário para fazerem a diferença em suas campanhas.

“Ao realizar este seminário e editar o e-book sobre o tema, por exemplo, estamos, de forma inédita, promovendo saberes à luz da Reforma Política de 2017; e também, criando maior proximidade, diminuindo diferenças e permitindo a troca de conhecimentos e experiências entre centenas de líderes republicanos das diversas regiões paulistas, que melhor informados, alinhados e unidos, certamente, estarão mais qualificados e capacitados para suas atividades, seja na organização do partido, na campanha ou no mandato eletivo, que certamente estará mais próximo das necessidades coletivas da população de cada cidade”, avalia Candelária.  

O presidente municipal do PR paulistano, vereador Toninho Paiva, falou da responsabilidade dos dirigentes, mandatários e líderes republicanos, nesse momento de mudanças na legislação. “Somos parte de uma das maiores legendas do país e temos a responsabilidade de mantê-la forte, atuante, sempre com qualidade, o que passa, invariavelmente, pela retidão nos processos eleitorais.”, alerta Toninho Paiva, anfitrião do evento, ao lado dos companheiros do PR na Câmara de São Paulo,  vereador Isac Félix e vereadora Noemi Nonato, que também prestigiaram e abrilhantaram o evento com suas honradas participações.

PONTOS PALESTRADOS E DEBATIDOS

O advogado especialista em Direito Eleitoral, professor Dr. Ricardo Vita Porto, orador da palestra magna do seminário, destacou pontos importantes da reforma política de 2017, entre eles: cláusula de desempenho; sistema eleitoral; coligações; mudança de partido (janela); fundo eleitoral de campanha; arrecadação e financiamento; limite de doações; debates na tevê e no rádio em ano eleitoral; limite de gastos para campanha; carros de som e minitrios; quociente eleitoral e vagas remanescentes (sobras).

O publicitário Duda Lima, marqueteiro de destacadas campanhas pelo país, palestrou o tema: “Impacto da Reforma Política no Marketing Eleitoral para 2018”, ressaltando a importância de promover pré-campanhas e campanhas, organizadas e bem pensadas. “Com o curto tempo de campanha que temos agora, é preciso aproveitar e planejar, com profissionalismo, o período de pré-campanha, seja no corpo-a-corpo ou na internet. É a partir desse trabalho prévio, que teremos uma campanha melhor dimensionada, com mais seguidores.”, alerta Duda Lima.

E-BOOK PRÁTICO E ATUALIZADO

Ao final do seminário cada participante recebeu o e-book – Manual Prático e Atualizado da Reforma Política 2017 – produzido de forma inédita e exclusiva pelo Diretório Estadual do PR-SP e o Instituto Alvaro Valle, para que líderes, dirigentes, mandatários, pré-candidatos e parceiros técnicos do PR, possam estudar melhor as mudanças na legislação eleitoral, além de informações fundamentais para os dirigentes municipais e organizadores das futuras campanhas.

PRESTÍGIO DA FAMÍLIA PR

A Família PR do estado de São Paulo, mais uma vez, marcou presença e fez acontecer um grande encontro de saberes. O seminário recebeu prefeitos, vices, vereadores, dirigentes municipais, advogados e contadores, que vieram de 50 cidades paulistas, sendo elas:

Altair; Aparecida; Arujá; Barra do Chapéu; Barueri; Campo Limpo Paulista; Campos do Jordão; Dourado; Ferraz de Vasconcelos; Guararema; Guaratinguetá; Guarulhos; Iracemápolis; Itanhaém; Itaoca; Itapeva; Itaquaquecetuba; Itatiba; Itu; Jundiaí; Jacareí; Limeira; Lins; Mairiporã; Marília; Mogi das Cruzes; Mogi Guaçu; Monte Mor; Osasco; Ourinhos; Peruíbe; Pindamonhangaba; Pirapora do Bom Jesus; Presidente Prudente; Ribeirão Pires; Santana de Parnaíba; Salto; Santo André; Santos; São Bernardo do Campo; São Caetano do Sul; São João da Boa Vista; São José do Barreiro; São José dos Campos; São Paulo; Sertãozinho; Socorro; Sorocaba; Suzano; e Tupã.  

Clique aqui para visualizar o Manual Reforma Política – 2017