ESTADUAL DO PR PAULISTA ALERTA EM CARTA AS OBRIGAÇÕES PARA LEGALIZAR OS NOVOS DIRETÓRIOS NAS CIDADES

A CARTA ENVIADA NA SEXTA – DIA 1/3 – FOCOU OS INADIMPLENTES. Em atenção a levantamentos da Secretaria Geral do Diretório Estadual, a presidência enviou carta alertando novos dirigentes sobre necessidade urgente de regularizar as pendências.

Concomitantemente à alegria do cumprimento ao Calendário Nacional do PR, elegendo com sucesso seus Diretórios Municipais em Convenção, a Direção Estadual do PR-SP mantem preocupação com os novos Diretórios Municipais que estão inadimplentes junto à Justiça Eleitoral e/ou à Receita Federal.

A iniciativa cautelosa do presidente José Tadeu Candelária de enviar uma carta de alerta aos dirigentes eleitos, foi provocada pelo levantamento da Secretaria Geral do partido no estado de São Paulo, que apurou os Diretórios Municipais que necessitam de regularização de pendências para legal efetivação do registro em suas cidades.

PENDÊNCIAS E IMPEDIMENTOS

O dirigente maior da legenda 22, economista José Tadeu Candelária, ressalta que em se mantendo as pendências legais do partido na cidade, impede qualquer atuação do Diretório Municipal, ficando prejudicado, inclusive, de apresentar a devida Prestação de Contas Anual (PCA) referente ao calendário de 2017, que deve ser enviada através do sistema SPCA da Justiça Eleitoral, até o próximo dia 29 de abril – penúltimo dia do mês, conforme determina a legislação eleitoral.

“Infelizmente, permanecendo a situação de inadimplência, esta Direção Estadual fica impedida de fazer a devida anotação junto ao Tribunal Regional Eleitoral do Estado de São Paulo (TRE-SP), conforme determina a legislação eleitoral para manter vigente esse órgão de direção municipal do partido.”, alerta trecho da carta, disponível em sua íntegra no link abaixo.     

CLIQUE AQUI para acessar carta na íntegra.